Katia Maciel: Para Elisa

publicações

As borboletas voam no escuro: a fotografia de José Oiticica Filho. Rio
de Janeiro: Editora +2, 2014.

Instruções para filmes (ebook org com Lívia Flores). Rio de Janeiro:
Editora +2 e Circuito, 2013.

Poesia e videoarte (com Renato Rezende). Rio de Janeiro: Circuito, 2013.

ZUN. Rio de Janeiro: Editora +2, 2012.
Dois. (org. com André Parente). Rio de Janeiro: Editora + 2, 2012.
Infinito Paisaje (com André Parente). Buenos Aires: Fundación Telefônica, 2011.
Letícia Parente (org. com André Parente) Rio de Janeiro: Editora + 2, 2011.
O Livro de Sombras (org. com André Parente). Rio de Janeiro: Editora +2, 2010.
O que se vê, o que é visto (org. com Antonio Fatorelli). Rio de Janeiro: Contracapa, 2009.

Transcinemas (org). Rio de Janeiro: Contracapa, 2009.

Cinema sim (org.). São Paulo: Itaú Cultural, 2008.

Brasil experimental: arte e vida: proposições e paradoxos (org.), por Guy Brett. Rio de Janeiro: Contracapa, 2005.

Redes sensoriais. Arte, ciência e tecnologia (org). Rio de Janeiro: Contracapa, 2003.

Poeta, Herói, Idiota: O pensamento de cinema no Brasil. Rio de Janeiro: Rios Ambiciosos/ N-Imagem, 2003.

A arte da desaparição (org). A arte da desaparição de Jean Baudrillard. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1997.

 

textos sobre os trabalhos

O rapto, por Paula Alzugaray

Póiesis e Tékne – Entrevista com Katia Maciel, por Paula Braga

KM: desvarios, de Ricardo Basbaum

Cinema espraiado, de Paula Alzugaray

Texto escrito para o catálogo da exposição “Keep your distance”, no Room Gallery de Bristol, Inglaterra, de Guy Brett

Múltiplos cinemas, de Luciano Figueiredo

Tempobjeto - Katia Maciel; Zipper Galeria - Zip'Up, de Paula Braga

Mantenha sua distância (nós não a queremos), de Roy Ascott

Você já viu o horizonte recentemente? A paisagem sensorial de Katia Maciel, de Simone Ostoff